Novo gel contraceptivo para homens entrará em fase de testes

Um novo gel contraceptivo para os homens começará a ser testado a partir do mês de abril de 2018. Esse produto foi desenvolvido pelo National Institute of Child Health and Human Development (NICHD), nos Estados Unidos, tendo possivelmente a capacidade de bloquear de modo temporário a produção de esperma no organismo masculino.

Para a fase de testes, 400 casais de diferentes países como Suécia, Estados Unidos, Chile, Itália, Grã-Bretanha e Quênia irão participar dos procedimentos desenvolvidos pelo NICHD, os quais terão uma duração aproximada de quatro anos. Até o momento, nenhum casal brasileiro está previsto para participar desses testes.

Durante o período dos testes, os homens que são voluntários nesse estudo deverão aplicar o gel contraceptivo nos braços e na região das costas todos os dias. Esse gel possui em sua composição um híbrido de dois hormônios sintéticos, a testosterona e o progestagênio, que em conjunto são capazes de impedir que os testículos produzam a quantidade necessária de testosterona para que o esperma seja armazenado pelo organismo.

Para recuperar o déficit de testosterona causado, uma dose desse hormônio também vem no gel. Contudo, a quantidade colocada serve somente para sanar p equilíbrio hormonal adequado, sem causar impactos diretos na produção dos espermatozoides.

A expectativa é de que esse método contraceptivo tenha uma efetividade média de três dias ou 72 horas. De acordo com Diana Blithe, a diretora de implantação desse programa, só é preciso que os homens lembrem de passar o gel todos os dias. Além disso, os índices de sucesso desse método dependem de um uso contínuo, de ao menos quatro meses, e da utilização em conjunto com algum outro método contraceptivo pelas parceiras dos homens que passam o gel.

Há anos existem  diversos rumores sobre o desenvolvimento de anticoncepcionais masculinos,  porém, nos dias de hoje, as únicas opções viáveis para os homens permanecem sendo a vasectomia e o preservativo masculino. Para as mulheres, por outro lado, já são inúmeras as possibilidades contraceptivas. Sendo assim, esse novo gel masculino pode colocar em prática um objetivo antigo de se comercializar novos métodos anticoncepcionais para o uso exclusivo dos homens.