Pesquisa revela que o uso de ibuprofeno pode causar infertilidade masculina

Uma nova pesquisa realizada por pesquisadores dinamarqueses revelou que o uso do medicamento ibuprofeno, utilizado comumente como anti-inflamatório, pode tornar homens adultos jovens inférteis ou ainda causar disfunção hormonal.

Além disso, os pesquisadores identificaram que o uso do medicamento sem prescrição médica pode causar mal funcionamento dos testículos, afetando diretamente a produção do hormônio testosterona. O medicamento ainda contribui para que o homem apresente disfunção erétil e sinta fadiga excessiva.

Publicado pelo Proceedings of the National Academy of Sciences, o estudo foi supervisionado pelo neurologista da Universidade de Copenhague, localizada na Dinamarca, David Møbjerg Kristensena.

Segundo a publicação da pesquisa, o estudo foi feito com uma analise de 31 homens considerados saudáveis com idade entre 18 e 35 anos. Cada um deles utilizaram uma quantidade de 600 mg do anti-inflamatório por um período de duas semanas. O medicamento foi tomado diariamente e a função do analgésico foi observada pelos pesquisadores.

Para a realização do estudo, os pesquisadores excluíram os indivíduos que apresentavam o IMC – Índice de Massa Corporal, com número acima de 30, indivíduos com evidência de úlcera e com sinais de má função do fígado ou dos rins, para que os resultados não fossem interferidos por qualquer um desses fatores.

Os pesquisadores observaram ao final da análise que os participantes do estudo apresentaram um tipo de condição chamada de hipogonadismo, que é quando o testículo deixa de produzir hormônios ou espermatozóides de forma adequada. Essa condição costuma ser observada em homens que estão na meia idade, a partir dos 50 anos.

Sendo assim, o estudo concluiu que o ibuprofeno pode aumentar as chances de tornar um homem infértil, pois contribui para uma redução dos hormônios ou ainda para a produção inadequada de hormônios e espermatozóides.

O atual estudo trata-se de um estudo complementar sobre os efeitos causados a longo prazo pelo uso do ibuprofeno. Além disso, tem como objetivo contribuir como um alerta para as pessoas que tomam analgésicos e anti-inflamatórios de forma abusiva e muitas vezes sem prescrição médica.

Associado agora à infertilidade masculina, o ibuprofeno também já tinha sido associado a outras condições como um aumento do risco do indivíduo desenvolver doenças cardíacas.